Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Confira algumas das especialidades que um dia fizeram a diferença no mercado de trabalho e hoje estão obsoletas

 

Por muito tempo, habilidades com Adobe Flash, SEO e QA fizeram a diferença para muitos desenvolvedores e profissionais diversos na hora de criar e administrar recursos, ferramentas e sistemas. Hoje, após o advento da Apple e a ascensão dos dispositivos móveis, uma série de tecnologias ascenderam, apagando algumas outras quase que literalmente. Continue lendo


Muitos editores se assustam em ouvir falar de HTML5, pois, imaginando complexos códigos e estruturas ininteligíveis, alegam:

– Não sou programador para saber HTML5 !

Correto ! Não é e nem precisa ser, porque HTML5 não é uma linguagem de programação – é uma linguagem de marcação. No HTML5, e nas demais versões anteriores a esta, os elementos de conteúdo são marcados no texto.

Corpo, título, subtítulo, parágrafo, quebra de linha, citação, artigo, rodapé, imagem – se esta nomenclatura e esta semântica não são familiares para um editor, para quem mais serão? É a partir delas que se estrutura um documento HTML5! Continue lendo


Um fato que sempre me fascinou foi de que as naves espaciais Voyager I e II lançadas em 1977 carregavam a bordo discos fonográficos de ouro conhecidos como Voyager Golden Record, que carregam sons que tentam de alguma maneira representar a riqueza e a diversidade sonora da nossa civilização.

Muitos afirmam que a possibilidade de esse material ser encontrado (e decodificado) é praticamente zero, mas, caso isso ocorra, os felizardos terão uma visão da Terra do passado, uma cápsula do tempo!

Provavelmente não faremos feio, já que nossos “irmãos” alienígenas poderão se deliciar admirando Beethoven, Guan Pinghu, Mozart, Stravinsky, Blind Willie Johnson and Chuck Berry.

Conheça o projeto Voyager Golden Record :http://pt.wikipedia.org/wiki/Voyager_Golden_Record

A representações espaciais dos nossos aspectos culturais, como a pintura e a escultura, sempre levaram vantagem em relação aos aspectos temporais, como o som e a música. Continue lendo


“ePUB3 : A fronteira final. Estas são as viagens da revolução digital, prosseguindo em sua missão de explorar novos mundos, procurar novos formatos editoriais, novos leitores e novos mercados, para audaciosamente ir aonde ninguém jamais esteve. .”

Em um mercado onde inúmeros players brigam pela primazia de estabelecer novos formatos e novas soluções, aqueles baseados em padrões abertos, interoperáveis e modulares ganham força para se afirmarem como referência. Esse é o caso do ePUB3, a fronteira final da multimídia e da interatividade nos livros digitais.
Continue Lendo


Sim, o HTML5 já é uma realidade consolidada, já chegou e já está em uso! Longe de meras especulações ideológicas ou futurológicas, a discussão em torno da adoção ou não do HTML5 é datada e já ultrapassada. O desafio agora é torná-lo parte do modelo de negócio, parte do DNA dos novos processos e dos novos fluxos de criação, produção e monetização.

Mas por que o HTML5 é um vetor importante do ponto de vista da escolha e gestão de novos modelos de negócios? Vamos tratar de duas abordagens: uma do ponto de vista do “core business”, outra do ponto de vista da semântica. Continue lendo