Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Nos últimos meses venho notando como ainda aceitamos docilmente ideias, conceitos e tecnologias que vêm do exterior e como somos preconceituosos com quem realiza coisas no Brasil, mesmo que elas sejam ótimas.

Será que estavam certos Charles de Gaulle, o ex-presidente francês, ao dizer que não éramos um país sério, ou o dramaturgo Nelson Rodrigues, quando nos carimbou com a síndrome de vira-lata? Continue lendo


Uma notícia negativa foi publicada sobre a sua empresa e – seja ela verdadeira ou falsa, não importa – a imagem ficou bem arranhada. Como sair desse pesadelo e ainda preservar a reputação da companhia?

As plataformas digitais incentivam a disseminar informação como nunca, para o bem e para o mal, a todos os cantos do ciberespaço. Mesmo passado o auge da crise, essas informações não desaparecem no vácuo, para jamais serem ouvidas novamente – ao contrário, o mundo virtual é uma intrincada rede que garante acesso a qualquer informação em tempo real, 24 horas por dia, sete dias por semana. Essa perda de controle sobre o que é dito sobre a sua empresa deixa a maior parte dos líderes de cabelo em pé. Continue lendo


Ao longo da história humana, a vivência em grupo proporcionou a solução em conjunto das questões de sobrevivência. Este convívio grupal instiga o ser humano a compartilhar conhecimentos restritos a indivíduos, tornando-os coletivos e ampliando os saberes. Nos processos de aprendizagem, a colaboração e a cooperação exercem aspectos fundamentais para a alavancagem coletiva. Piaget sustenta que cooperar é trabalhar junto de alguém (co-operar), operar em conjunto, lado a lado, construindo algo com os outros.

Vygotsky enaltece a colaboração entre as pessoas (pares), e afirma ainda que ela é uma ação imprescindível para o processo de aprendizagem, pois demonstra a heterogeneidade dos grupos, ajudando a preservar a virtude do processo cognitivo implícito nas interações e nas comunicações. Nos estudos de Piaget encontram-se, para cada membro de uma comunidade, fontes estimuladoras para a vida em grupo, regulando, assim as ações individuais. A ênfase encontra-se na condição indispensável do estímulo da vida em grupo, contudo, permeando os controles. Continue lendo


Segundo Michael Porter, um dos maiores especialistas em estratégia corporativa, “a Internet não muda as regras do jogo para as indústrias existentes ou companhias estabelecidas”. Porter afirma que “a Internet não substitui a estratégia; torna-a mais relevante”.

Concordamos em parte com sua constatação e complementamos com o racional que usamos aqui na E-Consulting Corp.: entendemos que a Internet, para ser implementada com sucesso e eficácia em uma empresa, deve responder às seguintes perguntas (ref. Metodologia ECi, proprietária da E-ConsultingCorp.: Continue lendo


Entenda como funciona o trabalho de colaboração, neste novo infográfico

 

A cocriação e os projetos colaborativos são o objeto de estudo do mais novo infográfico produzido pela IInterativa. André Lima-Cardoso, Diretor Executivo da Infobase, mestre pelo Ibmec e professor de MBA Marketing Digital da Fundação Getúlio Vargas, traz até o blog uma introdução acerca de seu Canvas de Inteligência Coletiva. Continue lendo