Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Infográfico – O fim dos likes no Instagram

Em novembro, o Instagram anunciou que estenderia o fim dos likes para todo o mundo. Revelada primeiramente em abril de 2019, a mudança teria o objetivo de preservar a saúde mental dos usuários e estimular a criatividade e a liberdade dos principais influenciadores.

Agora, após os primeiros meses de testes, quais foram os impactos dessa novidade? Confira no infográfico!

Infográfico – O fim dos likes no Instagram

Ao esconder os likes, o Instagram gerou um dos principais debates sobre digital, conteúdo e saúde mental de 2019. Passados alguns meses da novidade, confira os detalhes da mudança e seus efeitos!

ENTENDA O CASO

Em abril de 2019, o Instagram revelou a intenção de fazer os primeiros testes com a ocultação de likes.

  • 17/07/19: a rede social anuncia número privado de likes em países como Brasil, Canadá e Japão
  • 14/11/19: likes se tornam privados em todo o mundo, incluindo nos Estados Unidos
  • Motivações: saúde mental e melhorias de conteúdo para os usuários

“Queremos que seus amigos foquem nas fotos e vídeos que você compartilha, não em quantos likes eles recebem” – pronunciamento do Instagram via Twitter

INSTAGRAM E SAÚDE MENTAL

Em 2017, o Instagram foi eleito a rede mais prejudicial para a saúde mental

  • 70% disseram que o Instagram os fez sentir piores com relação a sua própria imagem
  • 74% acreditam que esconder os likes é uma mudança positiva
  • 90% das meninas disseram ter uma relação negativa com o corpo por conta da rede

O Instagram ainda foi associado a distúrbios do sono e ao crescimento do FOMO (Fear of missing out, que designa o medo de ficar de fora de um acontecimento)

IMPACTO PARA INFLUENCIADORES

  • 28% dos influenciadores declararam que se sentem menos à vontade para serem criativos
  • 37% notaram uma queda no número de likes
  • 47% disseram que o número de seguidores teve crescimento reduzido

 CONTEÚDO DE VALOR

  • 0,6% de aumento no engajamento nas primeiras semanas da mudança
  • 12% de crescimento, em média, nas interações
  • 90% de aumento no número de comentários

Marcas mantiveram suas taxas de ativos sociais e números de seguidores, mostrando que o engajamento está mais qualificado

BURLANDO A MUDANÇA

Influenciadores brasileiros estão postando prints da contagem de likes em seus stories e feed como forma de mostrá-la para seguidores e marcas.

NOVAS REGRAS

O fim dos likes impactou, principalmente, a produção de conteúdo e a dinâmica da rede social como conhecíamos, embora os usuários comuns tenham tido uma reação positiva à novidade. Agora, é necessário repensar as métricas valiosas para cada marca e empresa, e modificar a avaliação dos resultados de ações com influenciadores.

Fontes: #paid, Época Negócios, Jornal do Comércio Royal Society for Public Health, The News Web, Twitter, Zeeng

 

 

Comentários no Facebook