Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Infográfico – Essa reunião poderia ter sido um e-mail?

As reuniões são parte da rotina de qualquer empresa e, durante o isolamento social, se tornaram ainda mais importantes para seu funcionamento. Entretanto, por muito tempo, a reputação desses encontros não foi das melhores.

Entenda como as reuniões mudaram com o apoio do mundo digital!

 Infográfico – Essa reunião poderia ter sido um e-mail?

O digital transformou a forma como realizamos reuniões – embora esses encontros não tenham a melhor reputação. Confira sua evolução!

 REUNIÕES AO LONGO DA HISTÓRIA

– 1990: primeiras reuniões com apoio digital

– 2009: uso de notebooks, smartphones e outros aparelhos próprios durante os encontros

-2010: sistema cloud e integração de equipes por videochamada.

PODERIA TER SIDO UM E-MAIL?

– 22% de 2000 entrevistados acreditam que reuniões são perda de tempo

– 28% sentem que as reuniões ficaram mais longas com o passar dos anos

– 30% usam o tempo para trabalhar em outras coisas

– 49% dizem que precisam participar de mais reuniões do que antes

 Uma única reunião do conselho executivo de uma grande empresa poderia consumir 300.000 horas de seus funcionários anualmente.

BENEFÍCIOS

– Contexto

– Coordenação de esforços

– Socialização

– Propósito comum

DISTANCIAMENTO SOCIAL

Com a adoção emergencial do home office, as reuniões virtuais se tornaram ainda mais importantes para coordenar equipes.

– 2,7 bilhões de reuniões acontecem por minuto no Microsoft Teams

– 300% mais usuários na versão mobile do Teams

– 1000% de aumento nas videochamadas dentro da plataforma

Educação e serviços relacionados ao governo foram algumas das áreas que mais investiram na plataforma.

COMUNICAÇÃO É CHAVE

Para o bom funcionamento de reuniões, é preciso, antes de tudo, estimular a boa comunicação dentro da empresa. Definir prioridades e objetivos garante sua eficiência, não importa o formato – físico ou virtual – em que ocorram.

 

FONTES: Forbes, Harvard Business Review, High Five, HR Dive, Microsoft

Comentários no Facebook