Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Infográfico – A era da desinformação: o novo ambiente das fake news

Em 2016, o termo “fake news”, ou notícias falsas, se popularizou nas eleições dos EUA, tomando conta dos meios digitais. Atualmente, passamos por uma fase onde as notícias falsas se semeiam dentro de diversas redes sociais, principalmente, pelo WhatsApp. Acompanhe nosso infográfico para entender mais sobre esse tema.

Com um grande grupo disseminando notícias falsas na internet, fica muito mais difícil saber o que é verdade ou mentira. Por isso, é importante estar atento a tudo que se recebe em qualquer meio de comunicação.

COMO FUNCIONAM?

  • Manchetes absurdas com o intuito de atrair acessos.
  • Criação de boatos, reforçando pensamentos de forma negativa.
  • Disseminadas por sites não-confiáveis.
  • Utilizadas para prejudicar algo/alguém.
  • Criadas por um grupo para alastrar ódio pelos outros ou por empresas.

Os grupos de família no WhatsApp são os maiores propagadores de fake news, de acordo com a pesquisa do Monitor de Debate Político no Meio Digital, órgão da USP.

NOTÍCIAS FALSAS NO BRASIL

  • 43% da informação das pessoas vêm de aplicativos de mensagens.
  • 62% dos brasileiros já acreditaram em alguma notícia falsa.
  • 58% das pessoas se acham capazes de averiguar uma fake news.
  • 48,3% das notícias falsas vem do Sudeste.

DICAS PARA NÃO CAIR EM FAKE NEWS

  • Procure páginas com credibilidade.
  • Sem fonte? Não compartilhe.
  • Procure em mais de uma fonte para ter certeza da notícia.
  • Cheque as informações que chegarem até você pelas redes sociais.
  • Aplicativos de mensagens não são fontes de notícias.

MEDIDAS DE COMBATE

Whatsapp

  • Nova opção “pesquisar imagem” no menu da conversa.
  • Ao tocar no botão, o app informará que a imagem será enviada para o Google.
  • O aplicativo abre o navegador padrão com uma busca por imagens.
  • Esse envio facilitará a pesquisa por mais detalhes sobre a foto.

Facebook

  • Lançamento de um programa de combate à fake news.
  • O projeto avalia fatos denunciados como falsos por usuários.
  • As agências responsáveis terão acesso às denúncias.
  • Quando identificado a falsidade, a distribuição orgânica diminui.
  • Nos EUA a mesma iniciativa reduziu em 80% as fake news na rede social.

É importante que todos façam a sua parte para que as Fake News diminuam o tráfego dentro do ambiente digital. Começando por você, já temos um grande avanço para não termos mais problemas com notícias falsas nas redes se espalhando cada vez mais.

 

Comentários no Facebook