Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Infográfico – EdTech: Educação na era digital

Não foram só as crianças e adolescentes que aderiram ao ensino à distância! Devido às medidas restritivas recomendadas pela OMS, jovens e adultos têm buscado na tecnologia novas maneiras de adquirir conhecimento e se aprimorar profissionalmente.

O mercado dos cursos online, que conquistou seu espaço nos últimos anos, superaqueceu durante o isolamento social, caindo no gosto do consumidor.

Seria o EdTech o novo normal? Saiba mais detalhes no nosso infográfico!

Infográfico – EdTech: Educação na era digital

O distanciamento social mudou a forma de adquirirmos conhecimento. Entenda como a modalidade EAD vem ganhando credibilidade entre os consumidores.

APRIMORAMENTO NA QUARENTENA

Houve um aumento nas buscas por cursos EAD durante a quarentena, ligado à busca por capacitação para enfrentar a crise.

  • 40% dos brasileiros pretendem realizar algum curso online
  • 18 a 34 anos é idade dos interessados
  • 68% de aumento nas matrículas entre 21 de março e 6 de abril
  • 44% de aumento na procura por cursos EAD entre 3 e 20 de março

PRINCIPAIS RECURSOS

O EdTech tem investido em diversos recursos para transmitir conhecimento e tornar o EAD uma experiência completa.

  • 92,6% dos cursos utilizam teleaulas
  • 83,7% utilizam textos digitais (artigos, apostilas e e-books)
  • 55,6% investem em áudios (podcasts e músicas)
  • 41,5% fazem uso de livros impressos

ACESSIBILIDADE

A maioria das instituições não está preparada para a plena inclusão de alunos com deficiências no ensino à distância.

  • 55,56% usam provas adaptadas
  • 40,74% usam leitores de tela
  • 34,81% contam com um intérprete de libras nas teleaulas
  • 29,63% usam descrição de imagens

INTERNET É PARA TODOS?

  • 30% da população não possui acesso à rede
  • 51% dos moradores de área rural não estão conectados
  • 57% dos brasileiros têm acesso à internet apenas no celular

 ADERÊNCIA DO EAD POR REGIÃO

  • 43% no Sudeste
  • 23% no Sul
  • 18% no Nordeste
  • 11% no Centro-Oeste
  • 5% no Norte

O FUTURO DA EDTECH

Até 2023, a modalidade EAD terá mais alunos matriculados que a presencial. Para tal, as instituições já estão se antecipando e buscando oferecer cursos em Áreas Virtuais de Aprendizagem totalmente responsivas, facilitando a experiência do usuário e o acesso mobile.

FONTES: ABED, Catho Educação, Censo EAD, Cetic, G1, NZN Intelligence.

Comentários no Facebook