Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Diferenciação

shutterstock_213074398

Segundo Michael Porter, autor do famosíssimo livro “Competitive Strategy” (Estratégia Competitiva), as empresas devem escolher um posicionamento dentro da estrutura da indústria ou do mercado, um posicionamento que engloba a abordagem geral da empresa para se tornar competitiva.

Porter aponta três estratégias genéricas de posicionamento: liderança em custos, diferenciação e foco. Dentre estas três, a que mais me fascina é a  estratégia de diferenciação, ela é geralmente empregada quando:

  • o seu público-alvo não é sensível ao preço
  • o mercado é muito competitivo ou saturado
  • os clientes têm necessidades muito específicas
  • a empresa tem recursos e expertise únicos que lhe permitem atender à essas necessidades com soluções que são difíceis de copiar.

Um conjunto de música barroca, italiano e que toca Vivaldi é quase como um grupo de pagode aqui no Brasil, você literalmente os encontra em cada esquina da bela bota mediterrânea ! Como se destacar neste segmento ?

Fabio Biondi, diretor do conjunto Europa Galante e meu xará trouxe uma interpretação única para as obras do “il Petre Rosso”.

Uma leitura livre, espontânea, fluída e uma sonoridade rústica porém elegante, conseguida, em parte, pelo uso de instrumentos de época. Acompanhe o primeiro movimento do Concerto RV269 de Vivaldi, aposto que você conhece…

Lembrando sempre que, no mundo competitivo, fazer bem feito não é diferencial, é obrigação!

[Créditos da imagem em destaque: Shutterstock]

**Este texto é uma produção independente e, portanto, de inteira responsabilidade do autor, não refletindo a opinião da IInterativa.


Fabio Flatschart (24 Posts)

Fábio Flatschart é Gerente de Marketing e Inovação, com importantes participações no desenvolvimento e na implantação de projetos pioneiros nas áreas de Open Web Platform e Marketing Semântico no Brasil. É autor do livro HTML5 - Embarque Imediato, e professor dos cursos de MBA da FGV, da FIA e da Trevisan.



Comentários no Facebook