Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Dicas de Marketing de Conteúdo: 10 tipos de conteúdo que as pessoas amam compartilhar

Marketing de conteúdo é sobre chamar a atenção.

Depois, trata-se de converter atenção em engajamento, e engajamento em leads. O objetivo final é a criação de fãs e advogados/embaixadores de marca intensamente leais, criando defensores e entusiastas nos ambientes on-line e off-line. É aí que a verdadeira magia acontece. Basta observar a Apple, com seus clientes esperando na linha por 48 horas para obter os seus mais recentes telefones, para entender o poder dos fãs.

Mas a meta de atrair tráfego e chamar a atenção está ficando cada vez mais difícil.

O que fez com que o desafio de ser notado em um mundo barulhento ficasse tão mais difícil? Por que é que uma postagem de blog com 200 palavras não é mais suficiente?

Por que está se tornando mais difícil?

Quando comecei a criar conteúdo, eu podia escrever 300 ou 400 palavras sem quaisquer recursos visuais e todos ficávamos felizes. Hoje, são 1000 palavras mais e é preciso utilizar um monte de recursos visuais.

Existem alguns elementos que nos levaram a essa explosão nos dados.

O padrão de conteúdo foi intensificado. As pessoas esperam mais por menos. O volume de informações criadas explodiu devido ao fato de praticamente todos se tornarem publicantes. Praticamente todos possuímos smartphones e acesso crescente a centenas de redes sociais.

Vimos também o aumento dramático no número de pessoas que possuem acesso à internet. O ruído acelerou.

Para colocar alguma perspectiva sobre essa explosão de conteúdo e tráfego na web, aqui estão os fatos sobre o crescimento do conteúdo e da internet.

Desde 2008, quando comecei a usar as redes sociais, isto foi o que aconteceu:

  • O número de pessoas on-line mais do que duplicou, passando de 1,4 bilhões para mais de 3 bilhões;
  • O Facebook passou de 80 milhões de usuários para mais de 1,4 bilhão;
  • O Twitter tinha 2 milhões de contas e, hoje, possui cerca de 300 milhões (e aumentando);
  • O número de smartphones era de 250 milhões em 2008 e, hoje, existem mais de 2 bilhões. Isso representa um aumento de 800%!

Hoje, isto é o que acontece a cada minuto na web.

  • 4 milhões de consultas no Google;
  • Os usuários do Facebook compartilham 2,46 milhões de peças de conteúdo;
  • Usuários de email enviam 204 milhões de mensagens.

 

Então, como vencer?

Para vencer, é preciso fazer duas coisas primeiro: criar o melhor conteúdo possível e crescer a sua distribuição on-line para esse conteúdo. Um conteúdo precisa atingir algumas metas para ser compartilhado. Ele deve informar, entreter, educar e inspirar.

As táticas específicas e as preferências de mídia também variam entre as plataformas. Blogs exigem uma variedade de tipos de conteúdo. No Facebook, no Pinterest e no Instagram, é tudo sobre imagens.

O tipo de conteúdo que as pessoas gostam de compartilhar não é apenas o viral, mas sim aquele que continua sendo compartilhado quando é descoberto no Twitter ou em um e-mail.

Aqui estão algumas dicas de marketing de conteúdo que irão ajudá-lo a ter seu conteúdo compartilhado.

1. Textos com título “Como”

Mostrar às pessoas como fazer algo em uma postagem é tão antigo quanto poderoso. Pode não se tornar um viral, mas é o tipo de valor que faz o leitor compartilhar seu conteúdo com colegas, professores, entre outros.

21 Types of Content That People Love To Share

2. Listicles

As listicles (combinação de língua inglesa entre os termos lists e articles) podem ser divertidas ou sérias. Eles podem ser positivas, negativas ou, às vezes, simplesmente idiotas. Mas eu descobri o poder de usar uma grande lista negativa para conduzir ao compartilhamento do texto “30 coisas de que você não deve fazer parte nas mídias sociais”.

21 Types of Content That People Love To Share

3. Fatos e Estatísticas

Isso tem funcionado para mim por anos e levou a uma postagem classificada em primeiro lugar no Google, intitulada “fatos de mídia social“. Se você procurar pra valer em praticamente qualquer indústria, vai encontrar fatos e números surpreendentes que as pessoas provavelmente vão gostar de conhecer.
Vamos olhar para uma indústria como a de eventos ou conferências.
Eu estava em Las Vegas recentemente e ouvi alguns fatos sobre quantas convenções são realizadas a cada ano e o número de delegados.
Os fatos: 22.103 convenções foram realizadas em 2014; e o número de participantes? 5.169.054. Acho esses números fascinantes.

21 Types of Content That People Love To Share

4. Infográficos

Os infográficos eram reais destaques e, agora, são destaques somente como peças de conteúdo compartilháveis. Aqui vai um exemplo do blog Bufferapp. Utilizar múltiplos infográficos em um único post também pode funcionar muito bem.

21 Types of Content That People Love To Share

5. Imagens autênticas

A Upworthy utiliza fotos cruas mas reais com muita regularidade em seu conteúdo. Aqui vai um exemplo de artigo que ficou recentemente em terceiro colocado entre os mais compartilhados: “Rather than let his student’s baby continue to cry, this professor took matters into his own hands“.

21 Types of Content That People Love To Share

6. Fotos pessoais

As mídias sociais fizeram muitos progressos no que se tratava como privado e no que é tido hoje como seguro para visualização pública. É diferente para todos. Mas revele algo pessoal e esteja disposto a compartilhar… e seus amigos, fãs e seguidores irão alavancar o seu marketing.

21 Types of Content That People Love To Share

7. Tuítes com imagens

Este tipo de conteúdo não estava disponível há cerca de apenas 18 meses. Mas, com a mudança do Twitter visando tornar sua plataforma mais visual, no final de 2013, as regras de engajamento foram alteradas. Descobri que os mini-infográficos (ou instantâneos de um infográfico maior) pode ser ainda mais eficazes.

21 Types of Content That People Love To Share

8. Headlines que despertem a curiosidade

As manchetes que funcionam e não funcionam foram contestadas por experimentação e dados em uma web social. Headlines mais longos que brincam com o seu gene da curiosidade podem funcionar muito bem. Este título tem 13 palavras. Os dados nos dizem. Então, fazer algumas experiências por conta própria pode ser útil.

21 Types of Content That People Love To Share

9. Artigos com múltiplas imagens

A Buzzfeed aperfeiçoou a arte de empilhar imagens em artigos. Aqui está um dos seus artigos mais populares de todos os tempos, com mais de 15 milhões de visualizações. Essa tática é muito eficaz porque você está dando ao seu artigo a melhor chance de entrar em ressonância com o seu público para que ele se sinta “obrigado” a compartilhar. As imagens tornam mais fácil para o leitor compartilhar usando tecnologias que permitem botões de compartilhamento para aparecer conforme se passa o mouse sobre cada imagem.

Content marketing tips

10. Citações em forma de imagem

Com o Twitter se tornando mais visual, é preciso misturar os tweets de texto com os tweets visuais. Usando uma ferramenta como Canva para transformar citações em imagens pode aumentar o compartilhamento entre 200% e 300%.
Kim Garst faz isso em sua conta no Twitter com regularidade e produz grande efeito.

content marketing tips Kim Garst

Otimizando o conteúdo

Então, você criou o conteúdo que as pessoas gostam de compartilhar e agora só falta publicá-lo. Respire fundo. Você precisa otimizar o seu conteúdo para uma variedade de fatores.

Você precisa considerar alguns desses fatores: mas eles irão variar de acordo com os tipos de conteúdo e plataformas.

– Use uma mistura de textos cativantes e densos com recursos visuais;
– Use linguagem simples, em ritmo com sua escrita e seus subtítulos;
– Compartilhe através de botões e plug-ins que permitam compartilhamento de imagens (Snip.ly, por exemplo);
– Otimize seu conteúdo nos mecanismos de busca;
– Priorize o formato de seu site/canal para dispositivos móveis.

Um último e estranho conselho

Utilize números bizarros em suas headlines. Se você observar os títulos da Buzzfeed, eles possuem sempre números esquisitos ou controversos.

Por quê?

Eles funcionam melhor até mesmo que os números.

**Este texto é uma produção independente e, portanto, de inteira responsabilidade do autor, não refletindo a opinião da IInterativa.


Jeff Bullas (20 Posts)

Jeff Bullas é formado em Comércio e Economia pela Avondale College. É consultor, instrutor, mentor e palestrante e trabalha com empresas e executivos para otimizar suas presenças online por meio do uso de canais de mídia social e outras tecnologias web e móveis.



Comentários no Facebook