Ideias. Colaboração. Tecnologia.
+55 21 2224-4525
IInterativa

Como criar um conteúdo que converta em vendas enlouquecidamente

Você está trabalhando duro para produzir um ótimo conteúdo para a sua audiência…

Você está conquistando espaço nas redes sociais e o tráfego do seu site está crescendo rapidamente.

Mas, ninguém está comprando os seus produtos… O que fazer?

Você está trabalhando duro para produzir um ótimo conteúdo para a sua audiência…

Você está conquistando espaço nas redes sociais e o tráfego do seu site está crescendo rapidamente.

Mas, ninguém está comprando os seus produtos.

Seu conteúdo não tem sentido se você não está convertendo seus leads em vendas. Se você não pode fazer isso, nem todo o tráfego do mundo irá te ajudar.

Se você quer criar conteúdo que converta enlouquecidamente, você precisa utilizar um pouco da psicologia de marketing.

Conheça a mente da sua audiência, realmente os deixe engajado com o seu conteúdo, e eles se sentirão ansiosos para clicar naquele botão.

Conheça a sua audiência

Todo negócio bem-sucedido está baseado na habilidade de conhecer as necessidades de seus consumidores. Se você conseguir fazer isso, será bem-sucedido. Se não, será uma luta.

Qualquer estratégia de negócios deve começar e terminar na audiência. Marketing de conteúdo não é diferente. Se você quer aumentar suas conversões, você precisa conhecer quem está tentando converter.

Muitos marqueteiros cometem o erro de criar conteúdo para eles mesmos. Por exemplo, como um escritor freelancer, eu poderia criar conteúdo sobre a arte de escrever. Contudo, isso não me trará novos clientes. Meus clientes não estão interessados em aprender como escrever melhor. Mas eles se interessariam em como utilizar o marketing de conteúdo para expandir seus negócios.

Crie conteúdo para a sua audiência, não para você.

Mas, quão bem você conhece a sua audiência?

Tente saber tudo o que puder sobre os seus consumidores.

  • Seus dados demográficos
  • Onde eles se divertem
  • Quais são as suas necessidades
  • Quais são os seus valores
  • Quais palavras e expressões eles gostam de utilizar
  • O que os deixa felizes
  • O que os deixa frustrados

Você pode descobrir o que precisa utilizando os métodos a seguir.

  • Visite fóruns relevantes para o nicho
  • Pesquise palavras chaves no Quora e Yahoo Respostas
  • Pesquise palavras chaves nas redes sociais
  • Estude blogs e revistas que eles leem
  • Encontre-os pessoalmente, indo a eventos relevantes
  • Escolha um tópico relevante e útil

O segredo para um marketing de conteúdo efetivo é criar um conteúdo que seja relevante e útil para a sua audiência.

Quanto mais relevante e útil o seu conteúdo for, mais engajada sua audiência será e mais irão confiar em você.

Para otimizar suas conversões, você deve escolher tópicos interessantes que impactem seu público e permitam que você demonstre a sua expertise.

É aí que entra o conhecimento da sua audiência. Depois de fazer a sua pesquisa, você deve ter uma ideia clara sobre as necessidades deles.

Qual das necessidades você pode preencher? Aquelas que trarão ótimos tópicos para o seu conteúdo.

É eficaz para manter seu conteúdo segmentado. Por exemplo, um artigo sobre estratégias para mídias sociais tem um apelo amplo, mas o tópico é muito genérico para realmente engajar as pessoas. Agora, um artigo sobre estratégias de mídias sociais para empresários individuais pode perder muitos leitores, mas aqueles que se aplicam ao conteúdo, estarão realmente engajados.

Lembre-se, engajamento gera conversões.

Escreva um título cativante

No marketing de conteúdo, o título é o rei. Não importa o quão incrível o seu conteúdo seja, ninguém irá ler se não for cativado imediatamente pelo título.

De acordo com Peter Koechley de Upworthy, a mudança de um título ruim para um bom título pode produzir um acréscimo de 500% no tráfego.

A criação do título é tanto uma ciência quanto uma arte. Os títulos que chamam sua atenção em capas da Cosmopolitan Magazine ou no Buzzfeed são baseados em fórmulas estabelecidas. Essas fórmulas foram elaboradas por velhas lendas do copywriting, como Eugene Schwartz e David Ogilvy. Elas vêm provando seu valor várias vezes por mais de 50 anos.

Lembre-se, seu título tem uma proposta: capturar a atenção dos leitores para que eles queiram ler o conteúdo.

Então, como você pode manter o seu leitor interessado?

Simples. Prometa algum benefício.

“Os títulos que funcionam melhor são aqueles que prometem um benefício aos leitores.” David Ogilvy, Ogilvy on Advertising.

Agora, voltando ao Buzzfedd. Este site é conhecido por seus títulos. Então, porque não o utilizar como inspiração?

Agora, digamos que você tem um site que oferece serviços de marketing em mídias sociais. Você pode adaptar essas manchetes do Buzzfeed para escrever um título atrativo que prometa algum benefício? Certamente pode.

“8 ideias brilhantes para fazer um churrasco no outono” se torna “8 ideias brilhantes para marketing em mídias sociais”

“21 tweets hilários que capturam perfeitamente os seus sentimentos em um encontro” se torna “21 tweets inspiradores que demonstram perfeitamente como você deveria utilizar o Twitter”

“24 ilhas fluviais secretas que as pessoas nunca irão te contar” se torna “24 segredos que experts em social media nunca irão te contar”

Fisgue-os com sua abertura

Ok, você capturou a atenção dos leitores com o título. Mas você não chegou lá ainda. Não por falta de tentativas.

O tempo em que as pessoas gastam dando atenção a algo está ficando cada vez mais curto. De acordo com cientistas, nosso tempo médio de atenção é 8 segundos. Com sorte, são 9 segundos.

O que isso significa?

Significa que você precisa fisgar o leitor em sua primeira frase. Você precisa deixá-lo interessado no que tem a dizer. Se não, ele irá apenas desviar a atenção e assistir alguns vídeos de cachorros skatistas. Ou algo assim.

Aqui estão algumas formas de você começar seus posts com um tiro:

Faça alguma pergunta. Se você perguntar algo, fará com que o leitor pense. Pensar significa envolvimento. Isso é uma boa coisa.

Coloque uma estatística chocante. Não use estatísticas que sua audiência já esteja familiarizada. Atinja-os de uma forma inesperada. Faça os dizer “Wow, eu não sabia disso!”.

Descreva um problema. Vá direto ao ponto do problema que o seu conteúdo irá tratar. Não apenas defina o problema. Vá além. Coloque para fora a dor que o problema está causando. Depois, escreva mais sobre isso.

Construa uma conexão

Marketing de conteúdo é sobre construção de um relacionamento. Você produz um conteúdo para criar uma conexão com a sua audiência, com o tempo isso irá conduzir à venda.

Para criar um relacionamento, você precisa criar afinidade. Se você fez o dever de casa desde a seção “Conheça a sua audiência”, deve ter alguma ideia sobre os valores e interesses do seu público. Seu conteúdo deve ser adequado a eles.

Por exemplo, se o seu público-alvo é o empresário individual, ele deve priorizar economia de dinheiro acima da economia de tempo. Para uma audiência de executivos de marketing, economizar tempo deve ser mais importante que economizar dinheiro.

Outro fator chave é a linguagem que você utiliza. Estude palavras e expressões que seu público usa quando discutem tópicos relacionados aos negócios. Use os mesmos termos em seu conteúdo. E você pode ir mais fundo. Se a sua audiência demográfica for interessada em certos aspectos da cultura popular, você pode utilizar essas referências para incrementar o texto.

Uma vez que você mostra à sua audiência que entende o que pensam e sentem, eles irão começar a confiar em você. E isso é muito importante para os negócios.

Seja genuinamente útil

Criar afinidade é ótimo. Mas você precisa mostrar o seu valor para a audiência. Senão, por que eles deveriam comprar os seus produtos e serviços? É por isso que o seu conteúdo precisa ser útil. Se o leitor considera o seu conteúdo útil, ele sentirá segurança de que comprar os seus produtos ou serviços trarão muito mais benefícios.

Seu conteúdo pode ser útil das seguintes formas:

Resolva um problema. Você fornece a solução para um problema que a sua audiência esteja encarando. Para valorizá-lo, forneça os passos que eles devem seguir. Quando seguirem o seu conselho e perceberem que funcionou, eles estarão ansiosos para mais. Contudo, não devemos dizer tudo o que precisam saber. Você pode omitir algo que será revelado em seus produtos e serviços pagos.

Eduque seus leitores. Como um expert no seu nicho, você está em uma posição de ensinar a sua audiência sobre assuntos específicos. Estabelecer uma relação de professor e aluno com o público, o deixará na posição de autoridade confiável. Mas lembre-se de utilizar a linguagem deles. Nunca utilize jargões que eles não irão entender. E seja humilde. Ninguém gosta de arrogância.

Dê uma opinião fundamentada. Em muitos nichos, há uma abundância de conselhos, muitos deles conflitantes entre si. Seu público provavelmente está confuso sobre qual opção aceitar. Eles devem estar há horas na internet tentando encontrar respostas. Qual é o melhor plugin de SEO para WordPress?  O que é melhor para perder peso: exercícios aeróbicos ou musculação? Esclareça a confusão que o público possa estar sentindo e demonstre a sua expertise. Você ganhará novos fãs no processo.

Seja emocional

Não importa o quão racional o seu público seja, as emoções ainda exercem uma grande influência no processo de tomada de decisão. Estudos do Institute of Practitioners in Advertising revelam que propagandas com conteúdo emocional são duas vezes mais eficazes que aquelas com conteúdo puramente racional (31% eficácia vs 16% eficácia).

Para nossos propósitos, emoções podem ser divididas em duas categorias:

Emoções po sitivas: Alegria, felicidade e satisfação.

Emoções negativas: Medo, frustração e ansiedade.

Em geral, evocar emoções positivas o levará a colher a maior recompensa do marketing de conteúdo. Como em relatórios do Psychology Today, estudos apontam que emoções positivas relacionadas a uma marca têm muito mais efeito sobre a lealdade do consumidor que outros fatores.

Você pode evocar emoções positivas da seguinte forma:

  • Utilizando uma voz vívida e otimista;
  • Encorajando sua audiência a alcançar seus objetivos;
  • Compartilhando histórias de sucesso inspiradoras.

Faça uma oferta atraente

Através das táticas descritas acima, você construiu uma conexão com a sua audiência, ajudou-os com seus problemas e até os deixou um pouco emotivos.

Você tem uma audiência que é altamente engajada em seu conteúdo.

Agora é hora de convertê-la em vendas.

Para isso, você precisa oferecê-los uma oferta. Por sua vez, a oferta pode ser:

  • Inscreva-se no newsletter;
  • Baixe o seu ebook;
  • Assine o seu webinar;
  • Compre os seus produtos ou serviços

O documento que apresenta a sua oferta é o “call to action”. O call to action deve estar localizado em uma ou mais posições proeminentes em seu site:

  • Na sua home page;
  • No todo da barra lateral;
  • No final de seus posts;
  • Em pop-ups.

Para fazer ofertas realmente atraentes, você deve testar e acrescentar o seguinte:

Benefícios. Claramente os benefícios que seu público irá ganhar com a oferta.

Enfatize a singularidade. Você está oferecendo algo que seus concorrentes não estão? Essa poderia ser a natureza do seu produto, ou pode ser a sua única abordagem.

Inspire confiança. Use provas citando testemunhos de clientes satisfeitos,

Use números. Números trazem credibilidade. Pode ser o número de inscritos que você tem ou estatísticas que demonstram a efetividade do seu método.

É tudo sobre a jornada

Marketing de conteúdo é sobre levar o seu público para uma jornada. Você atrai sua atenção, fisga-o, constrói uma conexão e faz a sua oferta.

Em cada estágio da jornada, você deve aumentar o engajamento do seu público com a marca. Então, quando você finalmente fizer a oferta, como poderão resistir?

Bônus: Eu criei o guia “Checklist de como converter enlouquecidamente ” especialmente para os leitores de Jeff Bullas. Para baixar, clique aqui.

Autor convidado: Clement Lim é um escritor especialista em marketing de conteúdo em B2B e nichos legais. Quando não está criando conteúdos emocionantes, ele gosta de beber chá verde e fazer flexões. Descubra como ele pode fazer o seu negócio crescer em limwriter.com.


Jeff Bullas (20 Posts)

Jeff Bullas é formado em Comércio e Economia pela Avondale College. É consultor, instrutor, mentor e palestrante e trabalha com empresas e executivos para otimizar suas presenças online por meio do uso de canais de mídia social e outras tecnologias web e móveis.



Comentários no Facebook